Em apenas um dia, Einstein faz 492 testes para coronavírus

1 minutos

Folder

Após ser responsável por diagnosticar o primeiro caso de coronavírus no Brasil em fevereiro, o Hospital Israelita Albert Einstein dobrou, em somente dois dias, a realização de testes de confirmação da doença. De acordo com a instituição, o número de exames feitos na segunda-feira (09) passou de 259 para 492, nessa quarta (11). O laboratório quase ultrapassou a capacidade de sua própria estrutura que, operando normalmente, permite de 450 a 500 testes da doença por dia.

Entretanto, a orientação dada pelo presidente do Einstein, Sidney Klajner, à população geral é que busquem realizar o teste apenas se apresentarem os sintomas. Isso se deve ao fato de haver muitas pessoas, mesmo assintomáticas, buscando por hospitais, recém-chegados de viagens ou porque tiveram contato com algum caso suspeito. Desde fevereiro, momento em que os exames começaram a serem oferecidos, o hospital privado, localizado na zona sul de São Paulo, já aplicou o teste da doença em 2.429 pacientes, dos quais 38 receberam diagnóstico positivo.

Compartilhe