Mindfulness para médicos: o que é, como praticar e seus benefícios

Técnica que tem objetivo de reduzir ansiedade pode auxiliar médicos e pacientes

Folder

Você já ouviu falar em Mindfulness? De acordo com o site Mindfulness Brasil, trata-se de um dos estados da mente, acessível a qualquer indivíduo, que consiste em um exercício de vivenciar o momento presente, intencionalmente, aceitando a experiência. Para isso, é preciso vivenciar a realidade como ela realmente é, sem julgá-la ou reagir no “piloto automático”.

Nos últimos 40 anos, a prática tem sido cada vez mais frequente em contexto de saúde (serviços de saúde), além de ambientes de ensino-aprendizagem (educação) e em empresas no mundo inteiro. Nesse cenário, o conceito e as práticas de Mindfulness (atenção plena) estão mais integrados na prática clínica contemporânea, principalmente na Psicologia e Medicina.

De acordo com o Dr. Marcelo Demarzo, médico especialista em Mindfulness e coordenador do Centro Mente Aberta (Mindfulness Brasil), exercícios de treinamento da mente auxiliam na concentração. Por isso, uma vez aplicada na Medicina, a técnica pode trazer bons resultados para médicos e pacientes.

O especialista esclarece que existem práticas, cursos e programas direcionados para todas as pessoas, inclusive profissionais médicos. Assim, após aprender a realizar as atividades, segundo recomendações, é possível incorporá-las ao dia a dia.

Benefícios para médicos

Por ser um profissional que possui uma rotina muito atarefada, por vezes trabalhando horas seguidas sem descanso e lidando com situações delicadas, o médico pode encontrar as seguintes vantagens aplicando as técnicas de Mindfulness a sua rotina:

  • Possibilidade de manejar melhor o estresse do trabalho
  • Maior qualidade de vida
  • Evitar o burnout (esgotamento profissional)
  • Melhorias na relação com o paciente
  • Possibilidade de cometer menos erros, devido à maior atenção nos processos do dia a dia
  • Diagnóstico bem feito

Benefícios para pacientes

Pacientes que apresentam determinadas condições clínicas também podem se beneficiar da aprendizagem de Mindfulness e participar dos programas voltados a esse público. As técnicas podem, por exemplo, atuar como opções terapêuticas em casos de:

  • Ansiedade
  • Depressão
  • Dores e/ou doenças crônicas associadas ao estresse (ex: hipertensão, diabetes, doenças inflamatórias, doenças intestinais)

Na prática

Para auxiliá-lo a colocar em prática as técnicas sobre as quais falamos acima, preparamos um passo a passo:

  • Tente encontrar um local silencioso e com poucas distrações. Além disso, 0 uso de proteção sonora para os ouvidos pode ajudar em casos de locais barulhentos.
  • Use roupas confortáveis e adequadas à temperatura do local onde os exercícios serão praticados
  • Deite-se ou sente-se em uma posição que cause pouco ou nenhum desconforto. Para isso, use colchonetes, travesseiros ou almofadas.
  • Os olhos podem ficar fechados ou abertos, entretanto, se abertos, devem ficar relaxados e sem foco específico.
  • No início, a prática pode durar de dois a três minutos, podendo o tempo ser aumentado de maneira progressiva, de acordo com suas possibilidades e necessidades.
  • Em casos de pacientes com alguma doença aguda ou crônica, é essencial contar com o apoio de um instrutor qualificado ou profissional de saúde.

Aprenda como realizar a técnica dos 3 passos, guiada pelo Dr. Marcelo Demarzo.

Compartilhe
x

Revista DOC nova edição

100% gratuita

Faça seu download